Centro de Defesa recebe diploma de mérito por usa indicação ao prêmio Darcy Ribeiro de Educação

15 de novembro de 2019

707f2818-0048-44ce-a9c4-fba5dd52d6bd

O Centro Marista de Defesa da Infância recebeu neste mês (14/11) um Diploma de Mérito por ter sido indicado à Comissão de Educação da Câmara Federal para concorrer ao Prêmio Darcy Ribeiro de Educação – Edição 2019, pelo trabalho em favor da educação no Brasil. A indicação foi feita pelo Deputado Federal Reinhold Stephanes Junior (PSD-PR), em reconhecimento aos impactos alcançados pelos projetos Brincadiquê?, Territoriar e Campanha Defenda-se, em todo território nacional.

Os projetos de assessoramento desenvolvidos pelo CMDI buscam contribuir com a qualidade da educação, por meio de metodologias participativas, que envolvem toda a comunidade educativa, abrangendo direitos como à participação infantil, ao brincar, à convivência familiar e comunitária, à saúde, entre outros, na perspectiva da educação integral. Por meio dos projetos Brincadiquê? e Territoriar, o CMDI já participou da qualificação educacional de 21 municípios em 7 estados brasileiros.

No âmbito da educação, sensibilização e autodefesa, a Campanha Defenda-se busca dar visibilidade ao eixo de Prevenção do Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, que assegura a realização de ações preventivas e educacionais contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. A série de vídeos está presente nos 81 países onde há atuação Marista e nos 35 países membros da Organização dos Estados Americanos.

Instituído em 1998 e regulamentado em 2000, o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação consiste na concessão de diploma de menção honrosa e outorga de medalha com a efígie do homenageado a três pessoas e/ou entidades, cujos trabalhos ou ações mereceram especial destaque na defesa e promoção da Educação no Brasil. Na edição deste ano, foram 39 indicações, com destaque para a filósofa Marilena Chauí. A entrega do diploma ocorreu no gabinete do deputado Stephanes, e contou com a presença da gerente do Centro de Defesa, Bárbara Pimpão, da analista de projetos, Débora Reis e da diretora de relações institucionais, Carmen Murara.